segunda-feira, janeiro 22, 2007

Natália Correia - 3 de Abril de 1982

Agora que estamos à porta de novo referendo sobre a IVG, é altura de recordarmos um certo poema de Natália Correia.

“O acto sexual é para ter filhos” - disse na Assembleia da República, no dia 3 de Abril de 1982, o então deputado do CDS João Morgado, num debate sobre a legalização do aborto.

A resposta de Natália Correia, em poema - publicado uns dias depois pelo Diário de Lisboa - fez rir todas as bancadas parlamentares, sem excepção, tendo os trabalhos parlamentares sido interrompidos por isso.

Já que o coito - diz Morgado –
tem como fim cristalino,
preciso e imaculado
fazer menina ou menino;
e cada vez que o varão
sexual petisco manduca,
temos na procriação
prova de que houve truca-truca.
Sendo pai só de um rebento,
lógica é a conclusão
de que o viril instrumento
só usou - parca ração! -
uma vez. E se a função
faz o órgão - diz o ditado -
consumada essa excepção,
ficou capado o Morgado.

5 Comments:

At 10:33 da tarde, Blogger Eduardo Leal said...

Vim aqui a partir do "murcon" para comentar um comentário seu que não compreendi.

Pareceu-me que disse não estar de acordo que o parlamento legislasse a partir do SIM, uma vez que o refendo não tinha sido vinculativo.

Se assim foi, ocorre-me dizer-lhe que, há 9 anos, foi bem menos vinculativo, pela participação e pela curta distância entre as duas respostas... e o parlamento arquivou uma lei já aprovada (pelo SIM).

E, para além disso, quando o povo se marimba para a criminalização de uma questão, a opcção só pode ser não criminalizar. Não lhe parece?

Há 9 anos, aceitei o Não que cerca de 12% dos Portugueses me impuseram.
Hoje espero que se respeite a opinião de mais de 2 238 000 eleitores.

Cumprimentos.

P.S.: Já agora, não pude deixar de repara na curiosidade de termos escolhido o mesmo poema para o primeiro post pós referendo.

 
At 1:59 da tarde, Anonymous rosarinho said...

tb vim ca ter pelo comentario feito por si no "murcon".
Grande mulher - nao me referia a altura; mas sim:
..."Mas Tabram afirmou que não tem medo da prisão"...

Desculpe nao tenho jeiro para desenhos.
Passe bem

 
At 1:30 da manhã, Blogger Tangerina said...

Cof, cof...se é para nos degladiarmos que não seja Chez Le Murcon, que isto parece-me deselegante, okay?

Deixo aqui pespegadas as minhas impressões digitais, as do dedo mindinho e tudo!

Bj citrus:)

 
At 12:22 da manhã, Blogger Tangerina said...

Olha lá...tu mordeste-me?!?
Não vês que isso dói?! Bruto, pá...

Amuo tangerinico..humpf!

 
At 7:28 da tarde, Blogger manuel leonardo horta nova said...

Independentemente de estar ou não de acordo com a deputada e grande poetisa Natália Correia NOVA : tenho de reconhecer que, com a sua morte perdemos uma grande Mulher e comunicadora.

MANUEL LEONARDO HORTA NOVA

hmanuelleonardo@yahoo.com.br

 

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter